Dr. Mateus Pantaleão de Souza

por Revista Angel

Entre as minhas áreas de atuação está a assessoria tributária. E, com muitas empresas paralisadas, ou com suas atividades em stand by, confesso que fiquei mais na advocacia tradicional tendo queda de rendimentos e sentindo na pele os problemas trazidos pela pandemia.

Em toda e qualquer crise, seja ela pessoal, emocional, financeira, ou mundial, sempre há dois aspectos a serem considerados: um NEGATIVO e outro POSITIVO.

Considerando que existem ambos os cenários na mesma crise, posso dizer sem medo de errar que a questão negativa vem do fato das perdas humanas, recessão, altas de preços… o meu conselho é simples: aproveitem a situação para agregar valores. Não valores monetários, mas sim cultura e conhecimento técnico-profissional. Aprendam algo que irá trazer um diferencial, junte a isso conhecimento pessoal no campo emocional. Em primeiro momento parece ser uma questões desconexa, mas se tem uma coisa que essa pandemia nos ensinou foi que o profissional que tem também controle emocional irá fazer diferença e permanecerá firme no mercado.

Quanto ao cenário positivo, acredito que seja consequência do que você fará com o negativo. Se você se acomodar e continuar a fazer as mesmas coisas, ou ficar em casa se lamentando, ou nas redes sociais criticando a política, etc… óbvio que a parte negativa irá se sobrepor e o indivíduo será mais um que irá sucumbir com essa crise. Contudo, se usar a criatividade, a sua capacidade de superação, e repito, não deixando de lado a evolução e a concretização do seu emocional, certamente quando a crise passar, o empresário, o prestador de serviço e até mesmo aquele que ficou desempregado, emergirá com força total e o sucesso será garantido.

Dr. Mateus Pantaleão de Souza, 45 

Advogado – Advocacia Pantaleão de Souza

2 Comentários

Sandra 17 de setembro de 2020 - 11:30

Parabéns…sábias palavras

Responder
Otacilio 17 de setembro de 2020 - 09:44

Perfeito, já que não dá pra trabalhar, aprimore-se.

Responder

O que achou? Participe. Deixe seu comentário.