Dicas para manter a saúde mental de pais e filhos durante o isolamento social

por Gisele Albuquerque

Respire fundo e tente ficar calmo. Confinamento não é prisão e é necessário proteger você, seus filhos, amigos, família e ter muita empatia neste momento. Lembre-se sempre: vai passar e a boa notícia é que tudo isso é temporário. Por isso, listei algumas dicas para otimizar seu tempo com seus filhos em casa.

Cuide do corpo

Pratique exercícios junto com os pequenos: joguem bola, basquete, dancem, meditem, façam alongamento e evitem industrializados, muito açúcar e bebidas alcoólicas para os adultos. Se alimentem de forma saudável e bebam muita água.

Façam coisas que vocês gostam

Ouvir música, fazer curso online, jogos educativos online, jogos presenciais, assista séries que são adequadas aos dois quando estiverem juntos e, quando o pequeno não está, assista o que gosta.

Tente fazer algo na cozinha

Façam juntos receitas, mesmo que cozinhar não seja muito a sua praia, pois vale a pena tentar. Uma simples receita pode virar uma farra.

Estabeleça uma rotina

Tentem fazer as coisas de trabalho sempre no mesmo horário e, para o pequeno, tarefas do colégio ou atividades extras para que a mente fique sempre ativada. Isso os ajudará para que os dias passem de um jeito organizado e tranquilo.

Evite excesso de informação

Procure assistir noticiários apenas uma vez por dia. Não caia na armadilha da hiperinformação e no excesso angustiante de informações falsas e exageradas.
Neste momento, devemos otimizar nosso tempo para que tenhamos muita qualidade. Pense neste período como um alerta para melhorar a qualidade de vida com a família, olhar nos olhos de quem realmente está ao seu lado e fazer valer apena tudo que está buscando para sua vida.
Reflita! Pratique! Tudo vai ficar bem.

GISELE ALBUQUERQUE | PSICOPEDAGOGA

O que achou? Participe. Deixe seu comentário.