Entrevistas

Luiza é fonoaudióloga com aperfeiçoamento em Fonoaudiologia Empresarial. Atende em todo o Brasil políticos, empresários e profissionais de vários segmentos ajudando-os a aprimorar suas habilidades de comunicação. “Meu trabalho é ajudar as pessoas a perder o medo de se expor publicamente e a melhorar o modo como se expressam.”

Em 2020, obteve resultados extremamentes positivos colaborando para a eleição de todos os candidatos que atendeu. Luiza tem especialização em Motricidade Orofacial, Mestrado em Gestão e Inovação em Saúde e atualmente desenvolve seu Doutorado pela USP.

0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Educadora há 16 anos, Andréia Figueira é formada em Pedagogia e Matemática com habilitação em Física. Além de mais, pelo menos, dez cursos de aperfeiçoamento, um mestrado em andamento e a intenção de se especializar em Educação Especial e Educação Superior. Para a pedagoga, a atualização é de extrema importância para qualquer profissional e acrescenta: “Estou sempre me aperfeiçoando, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal. Estar bem consigo mesmo é o diferencial em qualquer profissão”.

Segundo a coordenadora da escola de ensino integral Anísio José Moreira, em Mirassol/SP, o que mais a incentivou seguir na profissão foi justamente a vontade de fazer a diferença e a certeza de que melhoraria a vida das pessoas de alguma maneira. “Acredito que educar vai além do giz. Educar é acreditar na mudança. É plantar a semente da curiosidade e do entusiasmo pela busca do conhecimento e regar todos os dias. É trocar experiências, sabendo que sou uma mediadora para que a concretização do conhecimento aconteça, mas também aprendo muito durante essa troca”.

Andréia também destacou a importância da união de sua equipe e das metas claras e objetivas do seu âmbito de atuação. “Estamos sempre em busca de melhores resultados e, como consequência, obtendo sempre a melhoria no ensino-aprendizagem”. Ainda assim, garante que a ambição por novos patamares de excelência não compromete a boa relação entre os profissionais e o ambiente escolar “Costumo dizer que a Equipe Anísio é minha segunda família. Lá nos preocupamos não apenas com o intelecto, mas também com o social e emocional de todos. Além disso, ver os resultados que a escola vem alcançando ano após ano me motiva todos os dias.
Acredito que compreender de fato que cada um tem seu tempo e sua maneira de absorver o conhecimento é algo primordial para que a educação realmente aconteça para todos. Ser professora é educar além das apostilas”.

Fora do trabalho, Andréia investe seu tempo curtindo seus três filhos, junto de amigos e família “minha mãe sempre esteve presente, muito além de inspiração, ela e meus filhos são o combustível para a minha força e os amigos são anjos que vamos encontrando durante nossa caminhada”, finaliza.

0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Cris Arcangeli é empreendedora serial e compõe a bancada do programa Shark Tank Brasil, no Canal Sony. É fundadora de empresas inovadoras, tais como a Phytoervas, Phyta, PH – Arcangeli e Éh Cosméticos, bem atua como CEO na Beauty’In e sócia do Fundo de Venture Capital Phenix, além de mentora da Endeavor e diretora da FIESP – CJE / Pequenas e Médias Empresas. E ainda se dedica enquanto docente do Curso de MBA da PUCRS.

Com três livros publicados – e dois em andamento -, tem dois boletins de rádio diários há 20 anos. Ocupa a 21ª cadeira da Academia Brasileira de Marketing e, ao longo de sua carreira, acumulou 24 prêmios, entre eles: Personalidade do ano pelo Governo do Estado de São Paulo, Mulher Mais Influente do País, Prix Veuve Clicquot de la Femme d’Affaires e prêmio das empresas mais inovadoras no Brasil.

Cris é movida a desafios e um tanto inquieta. Começou como dentista e agregou ao seu conhecimento o estudo de plantas e homeopatia. Suas pesquisas a fizeram pensar sobre o mercado de xampu, que sempre a impactou por causa própria. “Não conseguia tratar meu cabelo na época, pois os produtos tinham sal em sua composição e, no máximo, três variantes (seco, oleoso ou normal). Não tinha especificidades para cada tipo, ou você se encaixava no que existia ou não… E tudo era muito químico”. Como havia estudado os benefícios das plantas, resolveu desenvolver uma linha de xampu com base no que tinha de conhecimento na homeopatia. “Foi daí que nasceu a Phytoervas, não só como primeiro xampu natural do mercado, mas como o primeiro sem sal de forma geral”. 

Na sequência, trouxe marcas internacionais pela primeira vez para representação e distribuição em perfumarias brasileiras por intermédio da Ph Arcangeli e também abriu a rede de perfumarias Phytá. Cris inovou ao criar a Éh Cosméticos, que tinha, além do xampu sem sal, a primeira linha de produto orgânico do segmento. “Anos depois, estudei a fundo o colágeno e vi que aqui no Brasil não era uma realidade o seu consumo e todos os benefícios que ele gera para a saúde – nasceu assim a BeautyIN”. 

A empresária acredita que empreender no Brasil é um constante desafio. “A gente cresce muito mais na dor do que no conforto. Nos anos 80 e 90, passei por 15 planos econômicos, moedas, confisco, etc. Essas coisas vão te mostrando que, quanto mais desafio há e quanto maior a transformação acontece, mais oportunidades surgem”. E caracteriza o mercado atual como de retomada, já que considera os índices muito bons, ao indicar o crescimento do PIB e, consequentemente, a economia. “Acho que vamos ter novamente uma retomada em V, como foi na primeira fase (antes de vir a segunda onda). Taí a Bolsa que não nos deixa mentir, que chegou a 128.000 pontos. O mercado vai, o Brasil vai. Sou uma otimista nata”.

É fácil perceber como Cris adora o país em que nasceu e tem certeza de que os desafios atuais forçaram as pessoas a se reinventarem e tornou a grande maioria mais forte. “As gorduras foram cortadas. Com isso, sai todo mundo mais enxuto, forte e capaz de fazer mais margem e mais lucro. As empresas vão crescer sim.” Atualmente, aposta na força do agronegócio e na tecnologia na retomada econômica do país: “não é para menos que temos 20 unicórnios já. O Brasil está liderando como um país que tem unicórnios firmados e por vir (empresas que estão despontando para isso).”

Seu conselho para quem começa a empreender é ter paixão pelo que faz. “Saiba que o principal é entender o que te move e depois seguir os passos de como começar um negócio. Para transformar sua ideia em um negócio, é necessário ter um passo a passo prático. Além disso, é essencial a inovação. Observar o mercado, as tendências… Para onde o consumidor está indo e, às vezes, até antecipar o que ele nem sabe que precisa. Nessas grandes mudanças e transformações, em que acontecem grandes impactos (como foi agora com a pandemia), é tempo de inovação e agora é a hora. Inovar é a bola da vez”.

Conheça outros profissionais entrevistados nas séries “As mulheres mais poderosas” e “Homens, histórias de sucesso”.
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Único profissional de medicina com especialização certificada em Neurocirurgia Oncológica de toda região de São José do Rio Preto/SP, Ricardo Caramanti é um profissional distinto e conta com profundo conhecimento em sua área de atuação por meio dos títulos de mestre em Glioblastomas Multiformes pela FAMERP, além das relevantes especializações em Microcirurgia de Tumores Cerebrais e Neurocirurgia Vascular pela UNIFESP, em Tumores de Base de Crânio pela FAMERP e em Cirurgia Endoscópica para Tumores Cerebrais no Hospital do Câncer de Barretos.

Aos 32 anos, o médico contribui profundamente não só com a evolução da medicina no Noroeste Paulista, como também com a promoção da saúde global por meio de suas publicações nas melhores revistas científicas de neurocirurgia do mundo, tais como: Operative Neurosurgery, World Neurosurgery, Surgical Neurology e Brazilian Neurosurgery. “Acredito que a qualificação profissional é primordial na neurocirurgia. Deve incluir não somente a formação básica como a maioria faz, mas também as publicações em revistas de alto impacto. O que mostra que o profissional tem uma capacidade de ensinar os outros da mesma especialidade”.

“Além disso, fazer subespecialização séria de tumores cerebrais faz toda a diferença. Infelizmente, muitos profissionais do mercado preferem subespecializações vinculadas a hospitais famosos que exigem apenas um ou dois dias de aulas no mês e não ensinam nada específico em relação à arte da neurocirurgia. No meu caso, preferi por dois anos de formação suplementar em tumores cerebrais e aneurismas em período integral. No início foi difícil, pois como decidi fazer o programa de especialização logo que saí da residência médica, acabei me dedicando mais aos estudos e à melhora da técnica cirúrgica, porém com um menor contato com os pacientes. Contudo, melhorei as técnicas e abordagens necessárias para o tratamento do paciente, pois respeito a necessidade de promover a melhor assistência cirúrgica e humana possível”.

Questionado sobre suas motivações profissionais, Ricardo lembra a todos a importância do seu trabalho e releva quão necessário é promover atendimento próximo e acolhedor, principalmente em sua especialidade. “Adoro a ideia de ajudar alguém a superar a doença, acho isso extremamente necessário quando se lida com pessoas que apresentam alguma patologia. Minha missão profissional é tentar levar um pouco de conforto e carinho aos pacientes que tanto sofrem por apresentar tumores cerebrais”.

“No cenário de pandemia atual, o maior desafio está em conciliar restrições hospitalares como o reduzido número de leitos e vagas no centro cirúrgico com as necessidades dos meus pacientes. Visto que uma pessoa que apresenta um tumor cerebral não pode esperar tanto para receber o tratamento adequado, porém, com muito empenho e organização dos hospitais em que atendo, estamos superando este desafio. Enquanto projeto para o futuro, esperamos nos próximos anos desenvolver, com ajuda da minha equipe, uma unidade neurooncológica que está em processo de formatação para melhor atender pacientes portadores de tumores cerebrais”.

Membro do laboratório de microanatomia neurocirúrgica da UNIFESP e Membro Titular Internacional da Academia Americana de Cirurgia Neurológica (AANS), da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e da Sociedade Latino Americana de Neurooncologia, Ricardo, sempre focado em seus livros, artigos e assíduo participante de congressos e cursos no exterior, acredita no poder enriquecedor de transmitir conhecimento. “Ensinar sempre nos acrescenta algo e, como professor convidado responsável pela divisão de tumores cerebrais do departamento de ciências neurológicas e psiquiatria da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto – FAMERP, posso dizer que a cada aula aprendo algo novo com os alunos e residentes.”

“Para aqueles que estão em busca de sonhos e ideais profissionais, sugiro que sigam seus objetivos e, principalmente, façam o que os deixam felizes. A profissão mais importante para cada um deve sempre ser aquela que nos faz feliz independente de qualquer tipo de ganho. Fazer suas atividades com carinho faz com que você tente fazer tudo melhor sempre. Para os ingressos na medicina, acredito que manter a ética é fundamental. Isso inclui nunca mentir e fazer o que for melhor para o paciente, tomando-o como se fosse alguém da sua família”.

créditos
fotografia:Revista ANGEL / JR ROSSI
Todos os direitos reservados
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail
Seu nome? 
Corina Campiteli. 
E como os amigos te chamam? 
Apenas Cô. 
Profissão? 
Cabeleireira e empresária.  
Ponto forte e ponto fraco? 
Meu ponto forte é o equilíbrio emocional é meu ponto fraco são minhas crenças limitantes.  
De onde veio seu gosto pela profissão que exerce? 
Foi depois que eu já trabalhava, quando conheci o prazer que é lidar com pessoas de maneira tão próxima. 
Um medo?
Medo de não ser correspondida
Uma mania?
Mania de limpeza
De quem você é fã?
IZA
Fico feliz quando…
Alguém me abraça
Seu grande sonho?
Liberdade financeira e despertar da consciência
Uma viagem que fez e recomenda?
Maceió
Um desafio?
Descobrir minhas sombras
Que notícia você gostaria de ler ou ouvir?
Que não existe mais maus tratos no mundo
Pra quem você daria nora 10 e nota 0?
Nota 10 para todos os que doam seu tempo em prol do outro e nota 0 para todos que exploram o outro
O que te deixa louco(a) da vida?
Injustiça
Qual assunto você já não aguenta mais?
A corrupção
O que mais gosta em você?
Meu interesse por desenvolvimento pessoal
O que é uma prova de amor pra você?
Olhar nos olhos, confortar, reconhecer, elogiar, agradecer
Para relaxar, nada melhor que…
Dormir muito
Uma frase que te inspira?
Todos somos unos com Deus
Sua cor favorita?
Off white
Música boa mesmo é…
Música com mensagens positivas
Um livro ou um filme?
Livro como fazer amigos e influenciar pessoas
O que você escreveria numa camiseta?
Eu te amo
Maior presente que ganhou na vida?
Minha filha
Para quem você faria uma homenagem especial?
Para meu pai
Como você se vê daqui 10 anos?
Sábia e com a vida equilibrada entre trabalho, lazer e descanso
Se você pudesse mudar uma coisa no mundo, o que seria?
A maldade e a crueldade
Deus pra mim é…
Tudo o que existe, a Verdade!
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Vera é proprietária da Toldos Miraflex, com matriz situada em Mirassol há 30 anos e uma filial em Ribeirão Preto há 8 atuando principalmente no estado de SP, mas com clientes por todo o Brasil.

A estratégia de abrir a filial em Ribeirão Preto foi fundamental para a expansão dos negócios. “Com isso, agregamos uma vasta clientela entre eles: engenheiros, arquitetos, designers de interiores e construtoras, nos levando a importantes lugares como shoppings, Latam Airlines, FM Diário de Mirassol, entre tantos outros clientes e amigos, e também não podemos deixar de lembrar da nossa cobertura abre e fecha, que foi desenvolvida pelo nosso filho e engenheiro Rodolfo Moya e patenteada por nós.”

A empresária destaca seus valores e diferenciais para manter seus negócios no topo do mercado. “Como profissional no ramo de prestação de serviços, prezamos muito pela qualidade, atendimento, satisfação do cliente ao término do serviço, com prazo de entrega justo e com a certeza de que sempre fazemos nosso melhor.”

  • toldos.miraflex
  • (17) 3253.3370 | (17) 99772-6586
  • Matriz: Av. Modesto José Moreira, 2735 - Mirasssol/SP
  • Filial: Av. Marechal Costa e Silva, 2566 - Ribeirão Preto/SP
Conheça outros profissionais entrevistados nas séries “As mulheres mais poderosas” e “Homens, histórias de sucesso”.
créditos
fotografia: DEIVID MURAD
Todos os direitos reservados
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Graduada em Educação Física com pós graduação em Personal Training, Treinamento Funcional e Gestão, Nutrição Esportiva e Fisiologia do Exercício, Michele Rettondim também tem formação em piano clássico, popular e teclado, além de uma série de cursos extracurriculares. “Atualmente, minha principal função é como instrutora de Pilates. Abri meu estúdio há quase dois anos em São José do Rio Preto”.

“Sou muito perfeccionista. No começo tive que estudar muito para entrar na área e ainda o faço até hoje. Resolvi seguir na carreira porque tinha muita vontade de empreender e contribuir para que a população possa identificar, solucionar e prevenir problemas físicos e de saúde. Não tinha recursos suficientes para investir quando resolvi abrir o estúdio de Pilates, mas uma amiga me incentivou muito a começar com o pouco que tinha de acessórios e topou ser minha primeira aluna. Daí por diante, surgiram mais alunos e, com o dinheiro que entrava, comprava mais ferramentas para atendê-los”.

“Diria que tenho como diferencial minha experiência e a maneira como enxergo a vida. Para mim, a idade só significa um número e não deve ser visto como obstáculo para nada, pois com 42 anos dei início à faculdade e, aos 46, consegui meu primeiro emprego em uma academia como instrutora de musculação. No início da minha vida adulta, meu grande sonho era ser modelo de sucesso, pois foi o que realmente sempre gostei de fazer, porém fui diagnosticada com depressão e a tratei durante dez anos, nessa época minha vida perdeu o sentido. Ainda pretendo escrever um livro sobre esse período com o objetivo de ajudar pessoas com a mesma condição. Profissionalmente, quero também expandir o meu estúdio e me tornar referência no setor e nas redes sociais”.

Perfeccionista, determinada e persistente, Michele afirma que sua maior motivação é ver o resultado positivo em seus alunos quando consegue cativá-los a criar uma rotina de exercícios, reduzindo a rotatividade e a taxa de abandono. “Apesar da concorrência acirrada, acredito que o maior desafio superado foi acreditar no meu potencial, pois desde nova nunca acreditei em mim e tinha como verdade que todos eram melhores do que eu. Hoje em dia sei que sou mais do que capaz e dou o melhor de mim em todas as esferas. É importante que jamais coloquem idade como obstáculo, nunca é tarde para algo novo em sua vida e, seja o que for, acredite sempre em sua capacidade. Sempre é tempo de recomeçar”.

créditos
fotografia: deivid murad
cabelo e maquiagem: cLUBE DA ESCOVA
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail
Nascida em uma família de vendedores, Carolina Lima seguiu os passos de seus ascendentes e abraçou sua vocação desde muito cedo. “Comecei vendendo brigadeiro na escola para comprar o lanche. Com o tempo, fui trabalhar em lojas de varejo e, todas as vezes em que as empresas apresentavam uma oportunidade, eu era a primeira da fila a dizer: me deixa tentar”, lembra. Aos 31 anos, Carolina é Especialista em Liderança de Equipes de Vendas, Consultora de Treinamentos Corporativos e Coach de Carreiras. Formada em Processos Gerenciais e com uma série de cursos adicionais, como os de Gestão e Liderança, pela FGV, Leader Coach, pela Sociedade Brasileira de Coach e a Especialização em Vendas, considera de suma importância toda a experiência obtida até o momento em que decidiu empreender no setor. “Passei por grandes escolas que me ensinaram o que eu sei hoje. Durante oito anos atuei na liderança de equipes de vendas com foco na distribuição de medicamentos veterinários em pelo menos um quarto do Estado de São Paulo. Até tomar coragem, abrir meu próprio negócio e seguir meu maior sonho que é transformar pessoas através da mudança de atitude”. Numa breve análise sobre a situação econômica para os empresários brasileiros, Carolina esbanja otimismo e determinação: “Eu não encaro o mercado como algo que ‘está difícil’ ou ‘agora está bom’. O mercado para mim sempre está bom! Porque o que faz você se diferenciar e conseguir sucesso é o quanto você consegue ser resiliente. O quanto você cai dez vezes e levanta onze. Continuo afirmando que quanto maior for a dificuldade, maior é a oportunidade que ninguém está enxergando”. Quando perguntada sobre projetos para o futuro, Carolina se mostrou muito certa de que ainda há muito a percorrer. “Eu jamais poderia entrar na zona de conforto já que não deixo que meus clientes façam isso. Estou indo passar seis meses em Boston, onde pretendo cursar Liderança e participar de grandes feiras internacionais. Trazer um pouco de inovação para o mercado”. E toda a dedicação de Carolina tem por trás um grande propósito: “desejo fazer com que as pessoas consigam entender que uma pequena alteração de atitude pode mudar a rota de uma vida inteira. Você é o único responsável pelo seu sucesso ou seu fracasso. Você decide até onde quer chegar. Basta querer”, finaliza.  
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail
Seu nome? 
Alisson Batista Cardoso.
E como os amigos te chamam? 
Alisson.
Profissão? 
Empresário.
Ponto forte e ponto fraco? 
Ponto forte: meu otimismo. Ponto fraco: falta de emoção.
De onde veio seu gosto pela profissão que exerce? 
Perdi uma grande oportunidade de trabalhar em uma multinacional por não ter um bom desempenho ao falar em público. Esta experiência revelou minha missão: ajudar pessoas a se comunicarem de forma relevante e impactante.
Um medo?
Perder minha capacidade de produzir, de trabalhar.
Uma mania?
Roer as unhas
De quem você é fã?
Flávio Augusto – fundador WiseUp
Fico feliz quando…
Recebo um agradecimento de um cliente pelo meu trabalho.
Seu grande sonho?
Ser o responsável por ajudar milhões de pessoas no mundo a usar a comunicação como ferramenta de crescimento pessoal.
Uma viagem que fez e recomenda?
Angra dos Reis, o caribe brasileiro hehe
Um desafio?
Focar em algo.
Que notícia você gostaria de ler ou ouvir?
Países deixam interesses de lado e se unem para salvar o planeta das mudanças climáticas.
Pra quem você daria nora 10 e nota 0?
Nota 10: Chico Xavier. Nota 0: Hitler
O que te deixa louco(a) da vida?
Pessoas que simplesmente deixam a vida os levar!
Qual assunto você já não aguenta mais?
Discussões rasas sobre política
O que mais gosta em você?
Meu poder de ação.
O que é uma prova de amor pra você?
Decidir viver o resto da vida ao meu lado
Para relaxar, nada melhor que…
Largar a tecnologia e ter contato com a natureza.
Uma frase que te inspira?
“Perfeição inspira, mas imperfeição conecta”
Sua cor favorita?
Vermelho
Música boa mesmo é…
Flashback
Um livro ou um filme?
Livro: Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie
O que você escreveria numa camiseta?
Seja você, e a vida será mais leve!
Maior presente que ganhou na vida?
Minha esposa!
Para quem você faria uma homenagem especial?
Para minha mãe, Cida!
Como você se vê daqui 10 anos?
Dedicando minha vida aos meus filhos e espalhando minha missão pelo Brasil
Se você pudesse mudar uma coisa no mundo, o que seria?
Menos opinião e mais ação. Gostaria que as pessoas tivessem mais atitude pensando no coletivo.
Deus pra mim é…
1000
0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail

Sócia-proprietária do escritório de advocacia Tobias & Mello Advogados Associados, Fernanda Tobias sempre foi muito decidida e se projetou desde muito cedo na área. “Meu pai foi o meu maior incentivador em tudo, porém fui determinada e já sabia o que queria desde os 17 anos. Lembro-me que, ainda no ensino médio, já me imaginava advogando e tinha uma vontade imensa de começar a trabalhar, ter independência e ser reconhecida. Então, assim que concluí a escola, ingressei na faculdade”, afirma.

Formada em Direito e pós-graduada em Direito Tributário, a advogada também realiza diversos cursos de atualização. “Atualmente faço um curso de extensão universitária sobre ICMS e atuo na área cível e tributária. Também estou pensando em cursar Ciências Contábeis, pois está correlacionada. Além disso, exerço também na área de Direito Público, como assessora jurídica no município de Ipiguá/SP”. Fernanda afirma que seu segmento é repleto de desafios e que não tem rotina. “Todos os dias me deparo com uma situação diferente. Costumo dizer que advogar é um sacerdócio, pois vivo sendo apresentada a problemas para os quais devo encontrar soluções. É emocionante e revigorante ser apresentada a uma situação nova o tempo todo. Amo trabalhar e sou apaixonada pela minha profissão”, confessa.

Com um currículo robusto, Fernanda menciona a experiência na Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto no setor de Execução Fiscal, no Departamento Jurídico do Banco do Brasil e em um Escritório de Advocacia antes de iniciar sua jornada empreendedora. “Assim que me formei, em 2008, abri o meu próprio escritório com minha sócia. Hoje temos uma equipe com cinco advogados e estagiários e temos foco na assessoria jurídica contenciosa e consultiva”, conta. Para os próximos três anos, “pretendo continuar na busca constante por conhecimento para exceder as expectativas, oferecendo qualidade e excelência nos trabalhos desenvolvidos. Sendo reconhecida pela integridade, agilidade e proporcionando um atendimento personalizado. Ao mesmo tempo, manter a equipe competente e priorizando sempre a ética profissional”.

0 FacebookTwitterLinkedinWhatsappTelegramEmail